DO LIXO AO COMBUSTÍVEL

Glacy Kellen (3º B)

Hoje, vivencia-se a era da sustentabilidade. Especialistas, estudiosos, cientistas continuamente buscam formas cada vez mais sustentáveis e, consequentemente, benéficas para a sociedade e o meio ambiente. Porém, engana-se quem acredita que preocupar-se com sustentabilidade é dever apenas do governo ou das grandes instituições. Todos podem e devem adicionar às atividades de seu dia-a-dia práticas que respeitem a biodiversidade.

Uma das formas de cooperar é fazer o descarte correto de diversos produtos que possam ser reutilizados e até mesmo transformados em energia, como é o caso da madeira. Segundo Jorge Coelho, chefe de divisão da Secretaria do Meio Ambiente de Mogi das Cruzes, a prefeitura mantém diversas parcerias com empresas que reciclam vários tipos de materiais, como vidro, plástico e ferro. As pessoas podem descartar corretamente esses produtos através dos Eco Pontos, instalados em vários locais da cidade.

“A população faz a separação do tipo de material a ser entregue e, voluntariamente, faz a entrega no Eco Ponto próprio para receber esse produto. Após isso, é feita a separação do material e entregue gratuitamente para as No caso da madeira, por exemplo, a empresa responsável por receber esse material é a Reciclatec, localizada no bairro Cézar de Souza, em Mogi das Cruzes. De acordo com Sandra Silva, encarregada administrativa da empresa, os restos de madeiras são transformadas em combustíveis para caldeiras, muito menos danosos ao meio ambiente. “Ao recebermos a madeira, ela é triturada, transformada em biomassa e depois queimada para extração do óleo.

Esse óleo substitui combustíveis fosseis, e é utilizado para geração de energia elétrica, mecânica e térmica por diversas empresas. Por mês, produzimos cerca de 5.000 a 7.000 toneladas de biomassa”, informa Sandra. Ela salienta, ainda, que a Reciclatec só recebe madeiras puras, como por exemplo caixas de madeira, madeirite utilizada em obras, galhos e troncos de árvores. A população pode entregar esses materiais nos Eco Pontos da prefeitura, localizados nos bairros Jd. Armênia, Socorro e Parque Olímpico ou, se preferir, direto na Não existe sustentabilidade sem práticas sustentáveis. Isso significa que a palavra em si não gera efeito, mas sim sua ação. Ação que propicia também inúmeros benefícios à sociedade. Por fim, sociedade e meio ambiente estão interligados, pois devem coexistir. Os reflexos de boas ou más ações são sentidos por ambos.

Caçamba utilizada pela Reciclatec para coleta das madeiras que serão reutilizadas. Foto: Rebeca Feitosa.

Caçamba utilizada pela Reciclatec para coleta das madeiras que serão reutilizadas. Foto: Rebeca Feitosa.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s